sustentabildiade

CONTRIBUIR PARA O BEM-ESTAR DAS PESSOAS ATRAVÉS DA QUÍMICA

Como será o mundo em 2030? Seremos mais de 8 bilhões de pessoas no planeta. Viveremos mais, deslocaremos mais, seremos mais numerosos nos grandes centros urbanos. Teremos mais necessidades de alimentos, energia, água limpa, saúde e mobilidade. Como respostas para os desafios da humanidade passam pela química, a indústria tem papel relevante como comprovada de soluções inovadoras e sustentáveis, que contribui diretamente para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) aplicados pela ONU. A Oxiteno acredita que é possível equilibrar a prosperidade econômica com proteção ao meio ambiente e atendimento às necessidades da sociedade.

O Plano Estratégico de Sustentabilidade 2030 da Oxiteno tem o objetivo de contribuir para o bem-estar das pessoas envolvidas na química. São muitos os desafios nessa jornada e a Oxiteno tem certeza de que as decisões de hoje podem ajudar a construir um futuro mais sustentável. Clique aqui para acessar .

RELATÓRIOS DE SUSTENTABILIDADE

O Relatório de Sustentabilidade da Oxiteno reúne as principais informações sobre a estratégia da companhia e seu desempenho. Baseado no compromisso com a transparência, apresenta os principais resultados de acordo com os padrões da Global Reporting Initiative (GRI) com foco nos temas relacionados a materialidade da companhia, além daqueles definidos como de maior impacto para os públicos de interesse.

A gestão da sustentabilidade na Oxiteno segue as ambições e metas definidas no Plano Estratégico de Sustentabilidade 2030, estruturado em oito pilares: Econômico, Meio Ambiente, Segurança, Segurança do Produto, Valorização da Força de Trabalho, Portfólio de Produtos, Cadeia de Fornecimento e Ética, Transparência e Integridade e contribui diretamente para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) estabelecidos pela ONU.

CERTIFICAÇÕES

seta-menu-lado-verde-medio.png Cuidado Responsável:  Programa Atuação Responsável®, marca registrada da Associação Brasileira da Indústria Química (ABIQUIM), é uma iniciativa da indústria química e mundial destinada a demonstrar seu comprometimento voluntário na melhoria contínua do seu desempenho em meio ambiente, saúde e segurança, promovendo a sustentabilidade e contribuindo assim para aumentar a qualidade de vida da sociedade.

seta-menu-lado-verde-medio.png GRI:  A Global Reporting Initiative é uma organização internacional que ajuda empresas, governos e outras instituições a compreender e comunicar o impacto de negócios em questões críticas de sustentabilidade. Mudanças climáticas, direitos humanos e problemas de corrupção são algumas dessas questões.

seta-menu-lado-verde-medio.png CDP: Trabalhamos com as forças de mercado para motivar empresas e cidades a medirem e divulgarem seus impactos sobre o meio ambiente e recursos naturais para, dessa forma, descobrir maneiras de reduzi-los. O CDP detém o maior banco de dados corporativos sobre mudanças climáticas, água e florestas.

seta-menu-lado-verde-medio.png ECOCERT: A Ecocert é um organismo de inspeção e certificação fundado na França, em 1991 por engenheiros agrônomos conscientes da necessidade de desenvolver um modelo agrícola baseado no respeito ao meio ambiente e de oferecer um reconhecimento aos produtores que optam por essa alternativa. Ao longo dos anos, a Ecocert ganhou a confiança dos profissionais e consumidores e tornou-se uma referência na certificação orgânica no mundo.

seta-menu-lado-verde-medio.png KOSHER: Produtos Kosher ou alimentos kosher, são todos aqueles que obedecem à lei Judaica.

seta-menu-lado-verde-medio.png HALAL: certificação halal garante que os produtos alimentícios são produzidos de acordo com as orientações da lei islâmica.

seta-menu-lado-verde-medio.png ISO: Seguimos o sistema de certificação ISO para assegurar a padronização dos processos de Qualidade, Ambiental e Saúde e Segurança.

seta-menu-lado-verde-medio.png RSPO: É uma instituição sem fins lucrativos que une as partes interessadas dos 7 setores da indústria do óleo de palma. A RSPO desenvolveu um conjunto de critérios ambientais e sociais que as empresas devem cumprir para produzir o Óleo de Palma.

ÓLEO DE PALMISTE (PKO)

O óleo de palmiste (em inglês, Palm Kernel Oil – PKO) é o óleo vegetal mais consumido no mundo. A Malásia e a Indonésia concentram mais de 90% da produção deste material de origem renovável. A Oxiteno, com a sua unidade Oleoquímica, localizada no Polo Industrial de Camaçari (BA), é a única empresa no Brasil que fabrica ácidos graxos, álcoois graxos e glicerina a partir de PKO. Estes três derivados são a base da fabricação de inúmeros produtos da Oxiteno nos segmentos de Personal Care, Home Care and I&I, além da aplicação em alimentos. Eles estão presentes em xampus, condicionadores, cremes para pele, produtos para higiene oral, entre outros.

Sabemos que a cadeia de produção de óleo de palma, incluindo o óleo de palmiste, ainda apresenta desafios em aspectos sociais, ambientais e econômicos. Face a esses desafios, e conectado a organização não governamental Roundtable on Sustainable Palm Oil (RSPO), a Oxiteno entende a importância de poder rastrear os fluxos de abastecimento dos portos, refinarias, fábricas, e, com o tempo, até suas plantações. Esse objetivo é parte integrante de um fornecimento com maior transparência em nossa cadeia de valor. Para isso, durante o ano de 2019, 15% de todo o volume de PKO comprado pela Oxiteno foi certificado RSPO, modalidade Mass Balance, o que garante a rastreabilidade do nosso PKO de fontes conhecidas, mesmo misturado com fontes não certificadas desse produto.

É importante ressaltar que a Oxiteno compra essa matéria prima somente de fornecedores certificados RSPO, operacionalizando de acordo com nossos compromissos de sustentabilidade.

O documento de rastreabilidade da cadeia de palma da Oxiteno encontra-se disponível AQUI.